Vinkmag ad

Automedicação e os Rins

Vinkmag ad

Automedicação e os RinsA automedicação é desaconselhaval por diversos motivos, entre eles a falta de monitoramento de órgãos prejudicados pelas drogas. 

Automedicação e os Rins 

Automedicação e os Rins: LEIA ISSO ANTES DE TOMAR QUALQUER COMPRIMIDO!

Essa semana marca a Semana do Rim, pois temos duas datas importantes ligados a eles: o Dia do Nefrologista (09/03) e o Dia do Rim (11/03). Sei que já andei falando sobre esse assunto por aqui, mas considero tão importante que resolvi retomar alguns pontos.

Os rins são órgãos importantíssimos do nosso corpo, pois eles filtram nosso sangue, retirando as impurezas e permitindo o pleno funcionamento do nosso organismo. Mas, justamente por isso, eles sofrem tanto com os abusos de substâncias que ingerimos: no momento em que eles filtram o sangue, muito do que foi filtrado acaba causando algum malefício aos rins, ainda que a longo prazo. Claro que isso se tem consequências graves se é algo repetitivo e em altas doses.

E é justamente nesse ponto que eu queira chegar: altas doses de medicamentos. Vários medicamentos, desde os simples analgésicos até os mais pesados como os quimioterápicos, têm efeito nocivo aos rins. E por essa lista passa também o nosso velho conhecido, o antiiflamatorio.

E é exatamente por isso que eu insisto com meus pacientes: não tome medicamento sem o conhecimento e o acompanhamento do seu médico. Principalmente se você é paciente reumático. Pode parecer inofensivo, mas aquele comprimidinho que você toma escondido do seu médico pode estar causando algum mal aos seus rins. E sabe o que é pior? Os rins não falam! Muitas vezes, vamos perceber que há algo errado, quando já está mais avançado, o que dificulta o tratamento e pode até mesmo comprometer o órgão.

alt="Automedicação e os Rins"
Automedicação e os Rins

Por isso, já sabe: remédio sem seu médico saber, nem pensar!

Se você conhece alguém que toma remédios por conta própria, encaminha esse post!

Dra. Tamara Mucenic | Reumatologista

#PortoAlegre #dratamaramucenic #tamaramucenic #reumatologista #doencasautoimunes #artritereumatoide #espondiliteanquilosante #artritepsoriasica #terapiaimunobiológica #pesquisaclinica #lupus #espondilite #terapiaimunobiologica #artritereumatoide #diamundialdorim

Fonte: Reumatologia RS 

Comentários

Comentários

Anterior

A Via crusis do diagnóstico

Próximo

Quando você se sente pressionado para ‘fazer mais’

Sejam bem vindos!

Artigos Mais Pesquisados

%d blogueiros gostam disto: